Fabricando o consenso e sustentando a coerção: Estado e favelas no Rio de Janeiro contemporâneo