A escola diante das culturas juvenis: reconhecer para dialogar