Entre campos e academias: uma perspectiva comparada entre Brasil e Argentina