ENSINO PRESENCIAL E A DISTANCIA PARA EDUCAÇÃO PERMANENTE DE AUXILIARES E TÉCNICOS DE ENFERMAGEM: UM ENSAIO CLÍNICO