DUAS VEZES BAUDRILLARD: DA GUERRA A GUERRA, OU O LUGAR DO AUSENTE