Do homo psico-lógico ao homo tecno-lógico: a crise da interioridade.