Diagnóstico clínico versus confirmação patológica de embolia pulmonar fatal em pacientes hospitalizados