CONTRACEPÇÃO: RESPONSABILIDADE DO MÉDICO E DA PACIENTE