A constituição de 1891 e o laboratório jurídico-político brasileiro do estado de sítio