Bakunin, Deus e o Estado