Avaliação da atenção básica pela ótica político-institucional e da organização da atenção com ênfase na integralidade.