As armadilhas da gratidão: o poder e o código sentimental em Helena