Algumas considerações sobre a representação de interesses no processo de formulação de políticas públicas